Doenças comuns no outono: saiba quais são elas e como evitá-las

doenças comuns no outono e como evitá-las

O outono tem início entre os dias 20 e 21 de março e traz consigo aquele friozinho gostoso que chega no cair das noites. Uma delícia para dormir, não é mesmo? Entretanto, essa mudança de temperatura, aliada à queda da umidade relativa do ar, nem sempre faz bem para o organismo. É por isso que falamos em doenças comuns no outono, ou seja, enfermidades que têm mais chances de se manifestarem – ou de se agravarem – nessa estação.

A boa notícia é que com alguns cuidados básicos é possível prevenir a ocorrência dos principais problemas de saúde que são decorrentes da mudança do clima. Confira quais são as doenças comuns no outono e como evitá-las. Dessa forma, você vai estar preparada para aproveitar só o melhor que a estação oferece!

como prevenir doenças de outono

QUAIS SÃO AS DOENÇAS COMUNS NO OUTONO?

Os dias de outono geralmente são sinônimo de períodos de baixa umidade do ar. Essa circunstância faz com que diversas enfermidades encontrem condições mais propícias para se desenvolver. A asma alérgica, por exemplo, é uma delas. Confira abaixo quais são as doenças mais comuns – ou que podem ser agravadas – nessa época do ano.

  • Doenças respiratórias crônicas: doenças respiratórias crônicas podem atingir tanto as vias aéreas superiores como as inferiores. A maioria dessas enfermidades são preveníveis e incluem a asma, a rinite alérgica e a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC);
  • Gripes: a gripe é uma infecção viral comum. Mas que, dependendo das circunstâncias, pode ser fatal, especialmente em grupos de alto risco. Os sintomas podem incluir dor nas extremidades, desidratação e falta de ar;
  • Resfriados: o resfriado é uma infecção viral que acomete o nariz e a garganta. Os sintomas podem incluir fadiga extrema, dor nas extremidades e dor muscular;
  • Alergias: a alergia se caracteriza como uma condição em que o sistema imunológico reage anormalmente a uma substância extrema. A asma alérgica e a alergia ao mofo, por exemplo, podem ser agravadas no outono;
  • Rinites: processo inflamatório da mucosa que reveste o nariz, a rinite pode ser de curta ou longa duração. As principais causas são as infecções por vírus, bactérias ou fungos e alergias
cuidados na meia estação
9 DICAS PARA PREVENIR DOENÇAS COMUNS NO OUTONO
1) Use máscara facial e pratique o distanciamento social

Você deve ter pensado na Covid-19 quando falamos em doenças respiratórias, não é mesmo? Pois saiba que ambientes fechados e com baixa umidade favorecem sim a propagação do vírus, já que as partículas virais conseguem permanecer por mais tempo flutuando.

Em síntese, redobrar a atenção é fundamental para se manter protegido. Portanto, use a máscara de proteção facial e evite aglomerações e locais fechados.

2) Preserve os ambientes arejados

Ambientes com portas e janelas fechadas ficam abafados e quando há muitas pessoas no mesmo local isso pode facilitar a circulação de vírus. Assim, abra as janelas e as portas e deixe o ar entrar. Redobre a atenção caso você tenha alguma alergia.

3) Mantenha a vacinação em dia

Muitas viroses podem ser evitadas com vacinas que são oferecidas gratuitamente pelo SUS – Sistema Único de Saúde. Dessa forma, fique atento às campanhas de vacinação e aproveite para reforçar a imunidade. 

4) Evite o cigarro

A fumaça do tabaco diminui a capacidade de defesa do sistema respiratório, isso sem falar dos efeitos do tabagismo a longo prazo.  Assim, parar de fumar – ou pelo menos diminuir o consumo – é uma das medidas mais importantes para prevenir doenças comuns no outono.

5) Proteja-se das mudanças de temperatura

Os dias de outono costumam ser de manhãs e noites mais frias e tardes mais quentes. Então, carregue um agasalho para se proteger das mudanças do clima. Afinal a exposição ao frio baixa as defesas do sistema imunológico.

doenças mais comuns no outono

6) Limite o uso de ar-condicionado

A permanência prolongada em um ambiente com ar-condicionado pode ressecar as vias aéreas. Ou seja, esse é um fator que prejudica as defesas do organismo.

7) Lave as roupas guardadas por muito tempo

Fique atento ao estado das roupas e cobertas que estão guardadas há muito tempo. Peças mofadas, com ácaros e traças, podem desencadear crises alérgicas. Assim, procure lavá-las antes de usar.

8) Higienize as mãos com maior frequência

O hábito de lavar as mãos se intensificou com a pandemia de coronavírus, mas ainda que essa condição mude, o fato é que você deve adotar essa medida para sempre. 

É importante lavar as mãos, principalmente, antes de se alimentar e preparar alimentos. E também, após usar o banheiro, tossir, espirrar, assoar o nariz, brincar com animais e manusear o lixo.

Se não estiver próximo a uma torneira, e não for possível lavar as mãos com água e sabão, faça a higienização com álcool em gel.

9) Beba água com frequência e alimente-se bem

O hábito de beber água é importante para a hidratação, e nas estações frias ainda ajuda a manter a boca e a garganta úmidas. Vale lembrar que quando as nossas mucosas ficam mais ressecadas, aumentam as chances de que partículas de poeira e poluição se fixem por ali, o que pode agravar quadros de alergia. 

Por fim, não descuide da boa alimentação. Frutas, legumes e verduras contém uma série de nutrientes que ajudam a fortalecer o sistema imunológico.

Esperamos que essas dicas ajudem você a se prevenir das doenças comuns no outono. E claro, se você tiver alguma outra recomendação, conta pra gente nos comentários. 🙂 

___________________________________________________________________________________________________________

* Confira também aqui no blog o post Para que serve o polivitamínico? Conheça os benefícios para sua saúde!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *