Como cuidar das axilas e ter a pele saudável? Veja 5 dicas de cuidados

mulher ilustra como cuidar das axilas

Você já reparou como a pele das axilas costuma ser mais sensível do que a do restante do corpo? Pois saiba que isso é natural. Afinal, a região sofre com o roçar da pele, bem como com as agressões causadas pela depilação e até mesmo pela ação de substâncias presentes em alguns desodorantes. A boa notícia é que cuidar das axilas pode ser mais simples do que você imagina.

Assim, no post de hoje, vamos falar sobre os principais probleminhas que acometem a região, além de trazer dicas para cuidar das axilas e ter a pele mais saudável. Vem com a gente!

5 PROBLEMAS QUE PODEM SURGIR NAS AXILAS
1) Pelo encravado e foliculite

Tanto o pelo encravado quanto a foliculite costumam causar o aparecimento de bolinhas vermelhas que muitas vezes doem e dão coceira. Entretanto, estamos falando de coisas diferentes. 

Enquanto que a foliculite é a inflamação superficial do pelo e pode ser causada por alguma bactéria, o pelo encravado é o entortamento do fio ao emergir do folículo piloso e pode ter como causa o uso de roupas apertadas ou ainda fatores genéticos. 

A foliculite pode ser tratada com o uso de cremes e pomadas receitadas pelo dermatologista. Já o surgimento dos pelos encravados pode ser amenizado sobretudo com o uso de roupas de tecidos mais leves – como o algodão, que diminui o atrito – ou com a aplicação de produtos específicos para esse problema.

2) Suor em excesso

O suor excessivo pode ocorrer não apenas nas axilas, mas também nas palmas das mãos e nas plantas dos pés. Esta condição pode tanto ser uma consequência de alguma outra doença que está afetando o seu corpo quanto um problema genético.

Após investigar as causas do problema, o médico pode indicar o uso de desodorantes com princípios ativos que diminuem a sudorese e a realização de tratamentos específicos – a exemplo da aplicação da toxina botulínica – no local.

3) Odor desagradável

Embora muitas pessoas achem que a causa do odor desagradável seja a falta de uso de desodorante, na verdade o mau cheiro é causado por bactérias que metabolizam o suor. Na maior parte dos casos o uso de um desodorante com função antibacteriana pode colocar fim ao incômodo.

4) Manchas

Quando falamos sobre como cuidar das axilas, a questão do clareamento de manchas sempre acaba surgindo. Vale lembrar que inflamações como a foliculite, bem como o uso de roupas apertadas, podem desencadear o problema. O tratamento, por sua vez, é feito com a aplicação de cremes clareadores e procedimentos estéticos específicos para o local.

5) Alergias

Sabia que muitas pessoas têm alergias a determinadas substâncias presentes nos desodorantes? Quando isso acontece, a coceira e a vermelhidão atacam de vez. Se esse for o seu caso, procure optar por desodorantes livres de álcool, alumínio, parabenos e corantes.

dicas para manter a pele das axilas saudável

DICAS DE COMO CUIDAR DAS AXILAS

Além dos tratamentos específicos que citamos acima – e que devem sempre ser indicados pelo médico – algumas medidas simples de como cuidar das axilas podem melhorar bastante a saúde da pele da região. Confira quais são elas:

  • Realize a higiene regular do local, mantendo dessa forma a pele sempre limpa;
  • Se você sofre com alergias, escolha um desodorante sem álcool, alumínio, parabenos e corantes;
  • A pele das axilas também precisa de hidratação frequente. Caso não seja possível usar um desodorante hidratante, aplique um creme logo após o banho para promover a maciez da pele;
  • Outro cuidado que ajuda bastante é a esfoliação da região. Porém tenha cuidado e procure principalmente realizar movimentos leves. Além disso, não exagere na frequência;
  • Evite permanecer com roupas úmidas por longos períodos. Por exemplo, após o banho de mar ou piscina, troque as peças molhadas;
  • Após a depilação, utilize produtos específicos que ajudam a acalmar a pele;
  • Evite o uso de roupas muito apertadas e priorize os tecidos leves, como o algodão;
  • Caso vá se expor ao sol por períodos prolongados, aplique protetor solar nas axilas. Sim, também é importante proteger a pele dessa região. Para tanto, espere o desodorante secar e só depois aplique o protetor solar.

E então, o que você achou das informações que selecionamos sobre como cuidar das axilas? Você tem algum cuidado específico que gostaria de compartilhar? Conta pra gente nos comentários!


* Confira também aqui no blog o post Rachaduras nos pés: conheça as causas e como tratar o ressecamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.