Protetor solar facial: 5 erros que você pode estar cometendo ao aplicar

dicas de como aplicar o protetor solar facial

As vantagens do uso do protetor solar facial quase todo mundo conhece. Afinal, elas vão desde a prevenção do câncer de pele até o retardamento do envelhecimento precoce. Mas e a maneira correta de aplicar, você sabe de cor? Ou será que você anda cometendo alguns dos erros mais comuns que envolvem a aplicação do protetor solar?

Para sair dessa dúvida, convidamos você a conferir as informações que selecionamos sobre o uso correto do produto. Além disso, também trazemos ao final uma dica bem bacana de protetor solar facial com excelente custo-benefício! Bora dar uma espiada?!

5 ERROS COMUNS NO USO DO PROTETOR SOLAR FACIAL
1) Dispensar o uso dentro de casa ou em dias nublados

O que afeta a saúde da pele é a radiação, e ela atinge a superfície do planeta mesmo em dias nublados. Assim, ainda que o sol não esteja visível, é importante que você use o protetor solar facial.

Já em relação aos ambientes fechados, é verdade que a radiação é bem menor quando na comparação aos ambientes abertos. Entretanto, vale lembrar que os danos são cumulativos. Portanto, ainda que a incidência da luminosidade seja baixa dentro de casa, a exposição constante aumenta o risco de desenvolver manchas e também contribui com o processo de envelhecimento da pele.

Ou seja, mesmo em dias nublados, ou em ambientes fechados, a proteção solar é indispensável.

2) Utilizar a quantidade inadequada

De nada adianta aplicar pouco produto e não garantir uma boa cobertura da pele. Além de espalhar o protetor solar de modo uniforme, é necessário que a quantidade aplicada seja suficiente. Nesse sentido, os dermatologistas costumam recomendar o equivalente a uma colher de café do produto para a proteção adequada da área do rosto.

3) Aplicar antes de outros tratamentos

Quem usa cremes de tratamento como hidratantes e antissinais pode ficar na dúvida sobre a ordem de aplicação em relação ao protetor solar. Então anota aí: o protetor solar facial é sempre o último produto que deve ser aplicado. Ah, e o ideal é deixar o protetor secar e aguardar de 15 a 30 minutos antes de se expor aos raios solares.

4) Usar o protetor solar corporal no rosto

A pele do corpo tem características diferentes da do rosto, então o ideal é utilizar produtos que atendam às necessidades de cada área. Quando você utiliza o protetor solar corporal no rosto, por exemplo, pode estar favorecendo o surgimento de cravos e espinhas – caso a sua pele seja oleosa – além de outras complicações.

5) Esquecer de reaplicar o produto ao longo do dia

Para garantir que a proteção se estenda durante todo o dia é preciso reaplicar o produto, mesmo que em ambientes fechados. Dessa forma, procure fazer a reaplicação do protetor solar facial pelo menos uma vez por dia. Em caso de suor excessivo, ou exposição solar mais intensa, reaplique sempre que achar necessário.

PROTETOR SOLAR FACIAL REVITART FACES

Lembra que lá no início falamos sobre uma dica bem bacana de protetor solar facial com excelente custo-benefício? Pois a nossa sugestão é o Protetor Solar Facial Diário Revitart Faces, um produto exclusivo da Farmácias Associadas.

Com opção de FPS 30 e embalagem compacta, o produto é perfeito para levar na bolsa ou deixar ao lado do computador. Assim você tem o seu protetor solar sempre à mão para preservar a beleza e a saúde da sua pele!

Agora que você já sabe quais são os principais erros na aplicação do protetor solar facial, e já tem uma sugestão de produto com ótimo custo-benefício, não tem mais desculpa para deixar a pele do rosto sem proteção, não é mesmo? Aliás, você tem o hábito de usar protetor solar diariamente? Conta pra gente nos comentários!


* Confira também aqui no blog o post Cuidados faciais: 3 passos simples para uma pele mais saudável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.