5 coisas que você precisa saber sobre sabonete íntimo

o que você precisa saber sobre sabonete íntimo

Sabonete íntimo: usar ou não usar? Essa é uma dúvida comum entre as mulheres. Afinal, são inúmeros os mitos que envolvem a utilização do produto. A crença equivocada de que o uso de sabonete íntimo faz mal, por exemplo, é uma dessas inverdades que circulam por aí.

Acontece que, quando utilizado de forma correta, o sabonete íntimo pode ser um grande aliado da saúde íntima feminina. Um artigo sobre o assunto, publicado na revista da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia – Febrasgo, considera que o uso de produtos cosméticos adequados para cada parte do corpo minimiza riscos alergênicos e irritantes.

Dessa forma, trazemos aqui algumas informações sobre o uso do sabonete íntimo, incluindo como escolher o produto adequado, a frequência de utilização e, o mais importante, os benefícios que oferece para a sua saúde íntima! 🙂

como utilizar sabonete íntimo corretamente

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE SABONETE ÍNTIMO
1) A higiene íntima requer um sabonete apropriado

A higiene íntima feminina diária é necessária e indispensável para a manutenção da saúde. Entretanto, quando feita de forma inadequada, ou com produtos agressivos, pode trazer desconforto e contribuir com o desenvolvimento de infecções ginecológicas.

Os sabonetes íntimos, por sua vez, são especialmente desenvolvidos para essa área e podem favorecer as condições locais.

2) O pH da região íntima é diferente

A região íntima feminina tem pH levemente mais ácido do que o do restante do corpo. Enquanto nossa pele tem pH entre 5 e 6, na região íntima externa esse índice varia entre 3 e 5. 

Essa diferença tem uma razão de ser: é que a acidez atua como um mecanismo de proteção que inibe a proliferação de bactérias. Por isso é importante usar um sabonete específico, que não afete esta proteção natural.

3) O sabonete íntimo pode (e deve) ser usado diariamente

Os profissionais de saúde orientam que, em clima quente, o sabonete íntimo seja usado de uma a três vezes por dia. Quando em condições de clima frio, pelo menos uma vez ao dia.

4) Escolha produtos testados ginecologicamente

Ao escolher um sabonete, opte pelos hipoalergênicos e testados para a higiene da região íntima. Assim, você reduz a chance de ocorrência de alergias. Também é legal que o sabonete íntimo produza pouca espuma, para que limpe suavemente sem remover a camada protetora.

Nesse sentido, nossa dica é o Sabonete Íntimo Revitart Basics da Farmácias Associadas. O produto é dermatologicamente testado, tem pH fisiológico e foi desenvolvido especialmente para cuidar da higiene íntima feminina.  

 

Ah, e além de equilibrar o PH da área íntima e proporcionar a sensação de frescor e bem-estar, o Sabonete Íntimo Revitart Basics está disponível no site e em toda a rede da Farmácias Associadas!

Vale lembrar ainda que os sabonetes sólidos em geral são alcalinos, e por terem essa característica podem agredir a pele de algumas mulheres. Assim, o ideal é que os produtos para região íntima tenham consistência líquida.

5) A utilização se restringe à área externa

O uso dos sabonetes íntimos deve se restringir à higiene da parte externa da região genital. Ou seja, não os utilize em duchas vaginais (internas) nem no tratamento de infecções ou inflamações genitais.

Por fim, sempre converse com seu ginecologista sobre o uso de qualquer produto nas áreas íntimas. Afinal, ele é o profissional mais indicado para ajudar você a cuidar da sua intimidade!

Curtiu as informações que selecionamos sobre sabonete íntimo? Você tem o hábito de utilizar esse tipo de produto? Conta pra gente nos comentários!


* Confira também aqui no blog o post Como aliviar cólicas menstruais? Veja 5 dicas para diminuir os sintomas.

** Com informações de Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.