Como aumentar a imunidade na troca de estação? Confira as dicas!

como aumentar a imunidade na troca de estação

Você sabia que a queda brusca de temperatura pode baixar a imunidade e provocar alterações no organismo? De acordo com especialistas, o aparelho respiratório é o sistema que fica mais exposto nesse momento. E como o outono já começou a dar as caras, é legal falarmos um pouco sobre como aumentar a imunidade na troca de estação!

Assim, para ajudar você a passar pelas variações de temperatura com mais energia, selecionamos algumas dicas que podem ajudar a fortalecer o seu sistema imunológico! Confira as informações e prepare-se para curtir o friozinho com muita saúde e disposição!

9 DICAS DE COMO AUMENTAR A IMUNIDADE
1) Cuide da qualidade do sono

O sono tem um papel importante na consolidação da memória das nossas células de defesa. Linfócitos responsáveis pela imunidade usam essa memória para produção de anticorpos de forma mais rápida e efetiva.  Assim, dormir bem promove o fortalecimento da defesa do organismo contra doenças.

E o mais legal é que a relação entre sono e imunidade é recíproca: dormir bem fortalece a imunidade e, por outro lado, um sistema imunológico forte proporciona melhores noites de sono.

2) Tenha uma alimentação balanceada

Uma alimentação balanceada e variada ao longo do tempo é o ideal para manutenção da saúde. Assim, uma boa dica de como aumentar a imunidade é apostar em alimentos ricos em:

  • Vitamina C (frutas como acerola, goiaba, laranja, limão e verduras cruas, como couve e brócolis);
  • Ácido fólico (vegetais escuros e leguminosas);
  • Vitamina D (peixes, ovos, laticínios);
  • Vitamina E (trigo, azeite, abacate, oleaginosas);
  • Zinco (semente de abóbora sem casca, carne vermelha, aves, frutos do mar);
  • Carotenóides, que dão a cor alaranjada e avermelhada nos alimentos (cenoura, damasco, manga, abóbora, frutas vermelhas);
  • Ômega 6 e 3 (presente nos peixes, semente de chia, óleo de soja e de canola). 
3) Cuide da hidratação

A hidratação contribui para alterar a fluidez do sangue. Ao beber pouco líquido, o indivíduo pode comprometer o transporte de nutrientes e oxigênio, deteriorando portanto a atividade celular. Por isso, esteja atento à hidratação e faça um bom consumo de água, sucos naturais ou chás.

4) Leve uma vida mais tranquila

Quando o indivíduo se sente mentalmente sobrecarregado, o cérebro automaticamente produz hormônios estressores – como cortisol e adrenalina. Esse processo faz a pressão arterial subir, os músculos contraírem, a frequência cardíaca aumentar e a respiração acelerar, diminuindo principalmente a eficiência do sistema imunológico. 

Dessa forma, cuidar da saúde mental, e priorizar uma rotina de menos estresse, também é uma opção para quem busca formas de como aumentar a imunidade.

5) Pratique atividades físicas

A prática regular da atividade física previne fatores de risco de doenças crônicas, relacionados ao estilo de vida da pessoa. 

O mecanismo de melhora do sistema imunológico está associado ao efeito que a atividade física regular proporciona ao organismo: aumento dos linfócitos. Ou seja, o exercício regular aumenta as células de defesa que cumprem a função de combater e destruir agentes patogênicos, como as células infectadas por vírus e bactérias. 

6) Evite aglomerações 

As taxas de transmissão da Covid-19 estão em queda. Mas se tem uma coisa que aprendemos com a pandemia é que evitar aglomerações é uma forma eficaz de prevenir doenças causadas por vírus. Assim, principalmente em épocas que você sentir que a sua imunidade está baixa, ou em situações de ocorrência demasiada de gripes e outras doenças, procure manter o distanciamento social.

7) Higienize as mãos com frequência

Atitude que ganhou destaque nos dois últimos anos por conta do coronavírus, a higienização das mãos é uma ação simples que ajuda a manter a imunidade fortalecida. Afinal, grande parte das doenças é transmitida pelo contato de nossas mãos com bactérias, fungos e vírus. 

Vale lembrar que o álcool em gel não substitui a lavagem das mãos, mas pode ser utilizado quando não for possível o acesso a água e sabão, como na rua, por exemplo. Por isso é legal carregar na bolsa uma embalagem de tamanho menor para usar em tais situações.

8) Coloque a vacinação em dia

As vacinas são eficazes na prevenção de doenças, além de contribuírem para o aumento da imunidade deixando o organismo mais protegido.

Para cada faixa etária, há vacinas específicas que devem ser administradas para proteção de diversas doenças. Portanto, fique atento ao calendário de imunização, e não esqueça da necessidade da dose de reforço em alguns casos.

9) Mantenha os ambientes arejados

A queda nas temperaturas faz com que as pessoas permaneçam por mais tempo em ambientes fechados, o que permite que os vírus se disseminem mais facilmente. Para evitar a suscetibilidade a essas doenças, é importante manter os ambientes arejados e ventilados. Além disso, no caso de problemas alérgicos, é recomendável evitar cortinas e tapetes.

Agora que você já conferiu algumas dicas de como aumentar a imunidade, conta pra gente: como o seu organismo reage à troca de estação? Você tem alguma dica para compartilhar conosco nesse sentido? Conta pra gente nos comentários!


* Com informações de Agência Brasil explica: como aumentar a imunidade para o inverno.

** Confira também aqui no blog o post Imunidade infantil: 7 dicas para deixar as crianças mais protegidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.