Cuidados com bebês prematuros: 7 orientações que pais e cuidadores devem conhecer

imagem ilustrando cuidados com bebês prematuros

Desde 2011, o dia 17 de novembro é reconhecido como o Dia Mundial da Prematuridade. Uma data que busca dar visibilidade para os cuidados com bebês prematuros, além de conscientizar sobre a importância de políticas que garantam os direitos plenos dos bebês e das famílias.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, todo bebê que nasce com menos de 37 semanas de gestação é considerado prematuro. Além disso, segundo dados divulgados pela ONG Prematuridade, a média mundial de nascimentos de prematuros é de 10%, sendo que no Brasil esta taxa está acima, chegando a 12%. Esses números fazem do país o 10º colocado no ranking de nascimentos prematuros.

Continuar lendo

Benefícios da amamentação: saiba como o aleitamento fortalece mães e bebês

A Semana Mundial da Amamentação é uma campanha que divulga os benefícios da amamentação, incentivando o aleitamento materno e a criação de bancos de leite. Celebrada todos os anos entre os dias 1º e 7 de agosto, esse movimento é super importante para promover a qualidade de vida de mães e bebês de todo o mundo.

Como veremos neste texto, o leite materno é um alimento completo. Tanto é verdade que a OMS – Organização Mundial de Saúde recomenda que esse seja o alimento exclusivo de bebês até os seis meses de idade. E que, mesmo após a introdução dos primeiros alimentos sólidos, sigam sendo amamentados até, pelo menos, os dois anos.

Continuar lendo

Presente de Dia das Mães: 5 dicas para acertar na escolha

menina entregando presente de dia das mães

O Dia das Mães é aquela época do ano em que, mais do que nunca, somos lembrados de como a maternidade é preciosa. Além de estar próximo nesta data, uma das formas de demonstrar o quanto a figura materna é importante na sua vida é por meio de um presente de Dia das Mães.

É claro que existem gestos e palavras que valem muito mais do que um presente. Mas se também é possível presentear a mamãe com um agrado perfeito e significativo para ela, por que não fazê-lo, não é mesmo?

Continuar lendo

Como escolher a melhor fralda para bebês? Confira 7 dicas para não errar!

como escolher a melhor fralda para bebês

Existem muitos tipos de fraldas descartáveis para bebês no mercado. E com tamanha variedade, escolher a melhor fralda para o seu filhote pode ser uma tarefa complicada. Especialmente em se tratando de pais de primeira viagem.

Indiferente de estar passando pela experiência da maternidade ou paternidade pela primeira vez, certamente você sabe que as fraldas são um dos itens mais importantes para garantir o conforto desse novo membro tão especial da família.

Continuar lendo

Sono do bebê: confira as dicas para uma noite tranquila

O sono do bebê é sempre um assunto que dá o que falar entre mamães e papais. Afinal, é normal que bebês recém-nascidos durmam mais durante o dia e despertem na madrugada para mamar. Isto porque o ciclo de sono-vigília deles é desorganizado e amadurece conforme o desenvolvimento e as rotinas de higiene de sono.

Nos primeiros três meses de vida o sono costuma vir em ciclos de três a quatros horas, independente de ser dia ou noite. É só lá pelo quarto mês que muitos bebês passam a dormir a noite inteira. Entretanto, não é da noite para o dia que o sono fica totalmente regulado.

Continuar lendo

7 dicas para trocar a fralda do bebê com praticidade

Embora pareça uma questão banal, ideias sobre como tornar a troca de fralda mais dinâmica costumam despertar bastante interesse de mães e pais de crianças pequenas. Afinal durante os primeiros meses de vida os bebês usam cerca de oito a dez fraldas por dia. Dessa forma, quanto maior for o domínio do modo de troca, mais prática se torna a rotina do bebê.

É legal salientar que o mais importante a respeito da troca de fraldas é  garantir a higiene da criança e afastar as assaduras. Garantida essa condição, não existe um jeito certo ou errado na troca de fraldas, mas sim alguns truques que podem deixar o bebê mais calmo e o procedimento mais rápido.
Continuar lendo

7 dificuldades comuns da amamentação e como resolvê-las

Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM) ocorre anualmente de 1º a 7 de agosto e tem entre seus objetivos informar sobre os benefícios da amamentação incentivar a criação de bancos de leite, promovendo a qualidade de vida de mães e bebês.

Além do alto valor nutritivo, o leite materno protege as crianças contra infecções, alergias, algumas doenças crônicas e cânceres infantis. Para a mãe, a amamentação reduz o peso mais rapidamente após o parto, ajuda o útero a recuperar o tamanho normal, diminui o risco de hemorragia e anemia e de desenvolver doenças como diabetes e câncer de mama.

Continuar lendo

13 mitos e verdades sobre amamentação que você precisa conhecer

amamentação costuma ser um momento bastante idealizado pelas mães e não é para menos: dar de mamar é um ato especial de conexão, além de ser super importante para a saúde do bebê e também da mamãe. Acontece que nem sempre o processo de amamentar é tão simples quanto as revistas e a televisão geralmente mostram.

Além das dificuldades iniciais – como os cuidados com os seios, a posição correta do bebê e os horários meio malucos -, existe uma série de mitos e verdades que rondam o aleitamento materno.

Continuar lendo

Looks para gestantes: 6 truques de estilo para grávidas

A gravidez é um período cheio de descobertas e de constantes mudanças no corpo. Em razão disso é super normal que a gestante ficar meio perdida na hora de se vestir, especialmente quando a ocasião pede mais formalidade.

Como as roupas de sempre passam a não servir, manter o estilo e se reconhecer no espelho nem sempre é uma tarefa fácil. Ainda mais que, por ser a gravidez um período relativamente curto, investir em muitas peças novas, que depois da gestação também deixarão de servir, acaba não valendo muito a pena.

Continuar lendo

Maternidade real: delícias e desafios de ser mãe

A imagem da mãe, durante muito tempo, sempre foi associada à ideia de uma pessoa perfeita, feliz o tempo todo e que não passa por conflitos ou dificuldades na criação dos filhos. Entretanto, a realidade não é bem essa.

Para muitas mulheres a maternidade, embora proporcione momentos de amor incondicional, também é sinônimo de incertezas e medos, e não há nada de errado em sentir-se assim. O próprio puerpério, por exemplo, que é o período que corresponde aos 45 dias após o parto, costuma ser uma fase bem difícil para a mulher, e pouco se fala sobre essa condição.

Continuar lendo