Tártaro nos dentes: conheça causas e dicas de prevenção

Remoção de tártaro nos dentes

Quando falamos em saúde bucal é normal associar o tema a um belo sorriso. Mas você já parou para pensar que o assunto envolve muito mais do que estética? Pois é, nossa boca exerce um papel valioso em funções básicas como respirar, falar, comer, mastigar e engolir. Assim, dar atenção à saúde bucal, e prevenir problemas como o tártaro nos dentes, é uma tarefa diária fundamental em termos de qualidade de vida.

De olho nessa questão, nós aqui da Farmácias Associadas, aproveitamos o 20 de março, Dia Mundial da Saúde Bucal, para reforçar a importância de uma boa higiene da boca. 

Nesse sentido, escolhemos falar aqui no blog sobre as causas e prevenção do tártaro: um problema bastante comum mas que, se não tratado, pode gerar sérias complicações. Confira as informações que selecionamos e veja porque relaxar na escovação, ou adiar aquela ida regular ao dentista, pode ser um péssimo negócio.

O QUE É O TÁRTARO?

De acordo com a ABO – Associação Brasileira de Odontologia, o tártaro é o acúmulo de placa bacteriana que, ao longo do tempo, se não removida, acaba calcificando. Devido à forte adesão ao dente, a escovação não é capaz de remover o tártaro.

dentista realizando limpeza nos dentes

O QUE ACONTECE SE O TÁRTARO NÃO É REMOVIDO?

Quando não é retirado, o tártaro causa uma forte reação inflamatória na região, resultando em gengivas sangrantes, inchadas e avermelhadas. Essa inflamação interfere na saúde geral do paciente, tanto é verdade que em muitos casos já foram encontradas bactérias da doença periodontal alojadas no coração e nas articulações. 

Além dessas consequências, a doença periodontal também causa o mau hálito e a perda das estruturas de suporte dos dentes. Ao longo do tempo, o dente pode amolecer até cair, por isso o tratamento preventivo é muito importante.

O tratamento consiste na remoção do acúmulo de placa com instrumentos específicos. Ou seja, somente o dentista está apto a remover o tártaro. Além disso, é importante a readequação da higiene oral para controlar e prevenir o aparecimento do problema novamente.

O QUE CAUSA TÁRTARO NOS DENTES?

Como a formação do tártaro é decorrente do acúmulo de placa bacteriana, a higiene bucal inadequada é sem dúvida a sua principal causa de formação.

Os alimentos mais prejudiciais nesse cenário são os açúcares, pois são a principal fonte de energia dos microrganismos contidos na placa. Porém, qualquer tipo de resto de comida que fique nos dentes pode fazer com que a colônia bacteriana cresça, aumentando a extensão da placa e o seu consequente endurecimento, formando o tártaro.

escova com creme dental para escovar os dentes

COMO PREVENIR O TÁRTARO?
1) Faça da higiene bucal um hábito

O ideal é escovar os dentes pelo menos três vezes ao dia e, principalmente, antes de dormir, porque a boca fica com salivação reduzida, favorecendo assim a proliferação de bactérias.

Outra coisa importante é, após as principais refeições, usar fio dental, que serve para remover a placa que fica na superfície. Lembre-se que apenas entrar e sair com o fio entre os dentes não adianta. É preciso abraçar dente por dente com o fio, como se você estivesse dando um polimento. Para finalizar, utilize um enxaguante bucal recomendado pelo seu dentista.

como passar o fio dental

2) Evite o excesso de açúcares

Como vimos, o açúcar é a principal fonte de energia das bactérias que formam a placa. Portanto, reduza o consumo de doces e procure escovar os dentes logo após a ingestão de açúcares.

3) Consulte o dentista regularmente

Em muitos casos o paciente não percebe o acúmulo do tártaro e só recorre ao dentista quando o problema está agravado. Ocorre que às vezes pode ser tarde demais. Assim, para evitar surpresas desagradáveis, o ideal é visitar o dentista pelo menos uma vez a cada seis meses.

Quer mais dicas sobre como evitar o tártaro nos dentes e cuidar da sua saúde bucal? Acesse aqui no blog o post Dia da Saúde Bucal: 7 cuidados para manter dentes e boca saudáveis

E depois conta pra gente: você tem sofrido para combater o tártaro? Como anda a sua saúde bucal? Compartilhe sua experiência conosco nos comentários!


* Com informações de ABO – Associação Brasileira de Odontologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.