7 dicas para incentivar as crianças a provarem novos alimentos

como incentivar as crianças a provarem novos alimentos

A alimentação saudável e variada – com vários tipos de alimentos que forneçam os diferentes nutrientes necessários para o organismo – é fundamental para garantir a saúde e o bom crescimento e desenvolvimento das crianças. Ela também previne doenças e evita deficiências nutricionais, como a anemia. Por isso, é importante incentivar as crianças a provarem novos alimentos.

Há crianças que se adaptam facilmente aos novos sabores e aceitam muito bem os novos alimentos. Outras precisam de mais tempo. Dentro deste cenário, é legal conhecer algumas formas de estimular os pequenos a descobrirem diferentes alimentos de uma forma espontânea e, por que não, até mesmo divertida.

Confira as dicas que selecionamos e veja como despertar o gosto pela alimentação saudável ainda na infância!

crianças provando alimentos saudáveis

COMO ESTIMULAR CRIANÇAS A PROVAREM NOVOS ALIMENTOS
1) Desperte a curiosidades nas crianças pequenas

A amamentação é recomendada até 2 anos ou mais. Por volta dos 8 meses, a criança poderá receber os alimentos preparados para a família, sem excesso de sal ou gordura.

Para ajudar na formação do paladar, busque apresentar novos sabores variando a consistência ou formas de preparo. Também é importante que a criança possa pegar pequenos pedaços de alimentos, como tirinhas de legumes, carnes ou frutas. Assim você desperta nelas a curiosidade e o desejo de levar os alimentos à boca.

2) Não apresse a refeição

Mesmo que a criança já coma sozinha, procure estar presente no momento das refeições. Além disso, é importante não apressá-la. Pode acontecer, por exemplo, da criança comer um pouco, brincar, e comer novamente. 

Em conclusão, se a ideia for oferecer novos alimentos, procure fazê-lo em um momento que você tenha mais tempo para acompanhar o processo.

crianças e alimentação saudável

3) Dê tempo para o paladar se acostumar

Alguns alimentos não são aprovados logo de cara, é preciso sobretudo tempo para acostumar-se com o novo sabor. Provavelmente hoje você também deve gostar de alguma comida que em uma primeira prova não curtiu muito. Vale lembrar que as papilas gustativas se renovam de tempos em tempos, trazendo uma nova percepção dos sabores. 

4) Não force a criança a comer

Não seja insistente com os pequenos. Isso aumenta o estresse e diminui ainda mais o apetite. As refeições devem ser momentos tranquilos e felizes. Paciência e bom humor ajudam bastante nesse momento.

5) Ofereça o mesmo alimento de diferentes formas

Alguns estudos sugerem que é preciso experimentar o mesmo sabor entre 8 e 10 vezes para que se tenha certeza se gosta ou não dele. Portanto, não desista na primeira tentativa e opte também por oferecer o mesmo alimento com outras formas de preparo.

Outra dica que pode ajudar é oferecer o novo juntamente com o familiar. É que os níveis de ansiedade podem ser elevados quando uma criança encontra uma mesa cheia de alimentos desconhecidos. Todavia, se a refeição tem pelo menos um alimento que a criança gosta, isso pode ajudá-la a entender que não existe pressão em provar o novo.

6) Trate a recusa com leveza 

A resistência das crianças por experimentar alimentos novos pode estar relacionada aos sentimentos e à reação dos adultos. Muitos pais usam frases como “vou ficar chateado se você não comer”. 

Esse tipo de reação pode tirar a criança do lugar de explorar e a colocar como culpada, paralisando-a. Portanto, a melhor forma de lidar com a recusa é agindo com naturalidade e propondo novas experimentações em outras refeições.

crianças e alimentação saudável como estimular

7) Ofereça inspirações  

A aceitação de novos sabores pela criança aumentará se ela perceber as pessoas ao seu redor saboreando-os. Dessa forma, os pais são um importante modelo alimentar e estimulam os pequenos quando comem alimentos saudáveis com prazer. 

Além disso, o exemplo tende a ser ainda mais forte quando vem de outras pessoas da mesma idade, como irmãos, primos e amiguinhos. Afinal, é normal que as crianças adquiram com muita facilidade os hábitos dos amigos da mesma faixa etária que a sua. 

REVIGORE KIDS: ALIADO DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

A alimentação saudável é uma grande aliada da imunidade infantil. Frutas, verduras e legumes, bem como carne, frango, leite e ovos contêm vitaminas e minerais que ajudam a fortalecer o sistema imunológico das crianças.

Muitas vezes os pequenos podem ter certa resistência aos alimentos considerados saudáveis, principalmente frutas, verduras e legumes. Nesses casos, o pediatra pode recomendar que seja feito uso de suplemento alimentar infantil para suprir as necessidades de nutrientes.

Nas Farmácias Associadas, por exemplo, você encontra o Revigore Kids, um suplemento alimentar líquido, que completa a alimentação das crianças. É rico em vitamina C e vitaminas do complexo B, além de ser fonte de zinco e conter alto teor de ferro. Lembre-se apenas que o uso de suplemento infantil deve ser orientado pelo médico.

Agora que você já conferiu as dicas para incentivar as crianças a provarem novos alimentos, conta pra gente: como a galerinha aí da sua casa encara os novos alimentos? Você tem alguma sugestão para diversificar a alimentação dos pequenos? Deixe suas dicas nos comentários!


* Confira também aqui no blog o post Conheça 5 benefícios que as refeições em família trazem para as crianças.

** Com informações da cartilha Os dez passos para uma alimentação saudável para crianças brasileiras menores de dois anos do Ministério da Saúde. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.